Concelho Santa Maria da Feira

Mupi Troika

Jornal Esquerda.net

Resoluções Mesa Nacional

Notícias

Santa Maria da Feira

É do conhecimento geral que a Escola EB1/JI do Cavaco, em Santa Mara da Feira, sofre de carências de meios humanos. A necessidade de contratação de mais assistentes operacionais torna-se cada vez mais preocupante, colocando em causa a segurança dos alunos. Ontem, dia 16 de novembro de 2017, pelas 13h30, ocorreu um episódio de bullying, testemunhado por vários encarregados de educação que se encontravam no exterior das instalações da escola, aguardando a saída dos seus educandos. Face à gravidade da situação, o Bloco de Esquerda já questionou a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, que é a responsável pela contratação dos assistentes operacionais. Ler aqui o requerimento apresentado por Moisés Ferreira e Salomé Ventura

Santa Maria da Feira

Os dirigentes do Bloco de Esquerda de Santa Maria da Feira visitaram, recentemente, o parque infantil de Caldas de S. Jorge, espaço este que, segundo a informação nele afixada, se encontra sob a responsabilidade da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. Durante a visita, foi possível verificar a existência de um conjunto de violações das normas estabelecidas pelo Decreto-Lei n.º 203/2015, de 17 de setembro.  Os deputados Municipais do BE, Salomé Ventura e Moisés Ferreira, já questionaram a Câmara municipal de Santa Maria da Feira, exigindo uma intervenção rápida por parte da autarquia, para colocar um fim a este atropelo legal que está a colocar em causa a segurança das crianças que utilizam este parque infantil. Ler aqui

Santa Maria da Feira

A empresa municipal Feira Viva está a recrutar trabalhadores a 2,5€ à hora; ou seja, a um valor significativamente inferior ao salário mínimo nacional. Em causa está a constituição de uma bolsa de recursos para trabalhar no Perlim (parque temático de Natal de Santa Maria da Feira) durante o mês de dezembro para trabalhar na montagem e desmontagem de estruturas, nas bilheteiras, no apoio a guarda roupa, na operação de máquinas, no serviço de bar ou como monitores de atividades. A todos estes trabalhadores, a empresa municipal propõe-se a pagar uma miséria. Para combater o abuso e a promoção da exploração, dos baixos salários e da precariedade, os deputados municipais do BE na Assembleia Municipal de Santa Maria da Feira, vão apresentar uma iniciativa para que a Câmara e a Empresa Municipal não possam, em caso algum, pagar a trabalhadores abaixo do salário mínimo nacional, devendo pagar sempre em conformidade com as suas qualificações e funções. Ver aqui a proposta que vai ser apresentada.

Santa Maria da Feira

O ano letivo começou há pouco e as queixas dos alunos, pais e encarregados de educação já são muitas: a qualidade dos produtos não é a melhor (principalmente os legumes e vegetais que estão longe de serem frescos) e a confeção também merece queixas. Para o BE é incompreensível que se repitam episódios de falta qualidade na confeção das refeições e de utilização de alimentos em estado que podem colocar em risco a saúde dos alunos, professores e funcionários. Mas foi o que voltou a acontecer na Escola Básica e Secundária Coelho e Castro. O BE considera que é urgente que o Ministério da Educação, adopte medidas que garantam a melhor qualidade das refeições servidas neste estabelecimento escolar. O deputado do BE Moisés Ferreira questionou hoje Ministério da Educação. Ler aqui 

Santa Maria da Feira

Moisés Ferreira apresenta o Projeto de Resolução n.º 1097/XIII/3.ª do Bloco de Esquerda que recomenda ao Governo a adoção de medidas para apoio às crianças e jovens com cancro, assim como aos seus cuidadores |2017-10-26

Santa Maria da Feira

Deputados municipais do BE, Salomé Ventura e Moisés Ferreira, apresentaram um requerimento à Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, onde solicitam à autarquia que explique que medidas adoptou no seu território, ao abrigo da legislação existente de prevenção contra incêndios.   Ler aqui o requerimento

Deixa o teu contributo

Opinião

Em jeito de balanço dos últimos 4 anos, a atual presidente da Junta de Freguesia de Esgueira e candidata pelo PSD/CDS representa o tempo da política Passos e Portas e da sua versão Aveirense, Ribau Esteves. Impostos no máximo e privatizações.